8 crenças nocivas para o bom sono é um dos que há que esquecer)

Globalmente, dormir oito horas diárias. Passamos cerca de um terço da vida dormindo. Soa horrível, né? E o caso é que, apesar da importância que tem –trata-se da terceira parte de nossa vida– há muito desconhecimento sobre o sonho; e muitas crenças e mitos que convém esclarecer.


Algumas delas são realmente prejudiciais para dormir bem e confiamos em que deixá-las de lado te ajudar com esses problemas que, ao longo da vida, todos nós temos em um dado momento.


1. Não é normal acordar durante a noite


É muito difundida, esta crença; e pensar que não deve ser um despertar cria um estado de ansiedade que a impede de voltar a dormir. De fato, provoca duas atitudes prejudiciais para o sonho: uma, olhar para o relógio, e dois, contar as horas de sono. Ambas provocam insônia.

Mulher na cama sem dormir

Na realidade, é completamente normal, acordar durante a noite. Um adulto pode fazê-lo até 8 ou 10 vezes (apesar de não atingir um estado de consciência plena).


Quando acordar, tente ficar relaxado ao máximo, concentre-se em respirar profundamente, NÃO em pensar que você está acordado. Dito de outro modo, permita-se relaxar!


2. É possível recuperar o sono perdido


O “sono atrasado”: muitas pessoas pensam erradamente que passar o fim de semana na cama, ele vai pegar no sono atrasado. E dormir mais durante o fim-de-semana, levantou-se tarde e, deitando-se intermináveis cochilos, a única coisa que você vai fazer é alterar a rotina de sono do resto da semana.


Os ciclos de sono costumam durar 90 minutos, e cada ciclo é vital para diferentes aspectos da saúde física e mental. São fundamentais os primeiros 90 minutos e equilibram o sistema nervoso, “acalmando” o sistema nervoso simpático e reduzindo o nível de adrenalina.


Infelizmente, essa hora e meia é a fase do sono que os “corujas da tecnologia” estão suprimindo.


E outros cinco que prejudicam o sono


3. O jantar te impede de dormir bem à noite


Pois não, você não deve deixar de dar uma sesta só porque acho que não vai dormir essa noite. Mas há que fazê-lo bem, e esse é o ponto. O momento adequado depende do horário das refeições, é claro, mas em algum momento entre as 2 e as 4 horas, e deve durar entre dez e vinte minutos.


Simplesmente relaxe, feche os olhos e fique confortável (mas não muito confortável: nada de deitar-se na cama com seu travesseiro de penas, e debaixo do seu edredom favorito). Respire fundo e concentre-se na respiração, o que te acalma sua mente e seu corpo.


Na realidade, isso não é uma siesta em toda regra e nem sequer se pode considerar dormir, mas uma maneira de relaxar profundamente, de que acordará com muito maior capacidade de concentração. Este tipo de “pseudo-siesta” acalma o sistema nervoso e aí reside o porquê de que, na realidade, estás a dormir melhor essa noite.


4. O álcool ajuda a dormir


É muito falso, e também é uma crença muito difundida. O álcool é prejudicial para o sono (também para o sono!) e, tomado em excesso, evita o sono profundo e interrompe as fases REM (rapid eye movement, ou movimento rápido dos olhos), momentos chave para o descanso no ciclo normal do sono.

Publicidade

5. Uma noite ruim afeta o desempenho


É relativamente comum não dormir bem, no domingo (amanhã é segunda-feira!); ou véspera de uma apresentação de trabalho, ou de um evento importante, precisamente por causa da preocupação de que não dormir bem afetará o desempenho do dia seguinte, ainda mais se você ás vezes não consegue dormir ou interfere no no sono do seu parceiro por problemas com o ronco.


Por isso já existem soluções que lhe ajudam a você ou seu parceiro a parar de roncar, o Stop Ronco é um aparelho simples que atua durante o sono, fazendo as pessoas pararem de roncar imediatamente.


A obsessão com a dormir bem é precisamente o que prejudica o sono. Isto se dá também em atletas de elite, antes da competição do dia seguinte.


Não precisa de se preocupar. Uma noite ruim não vai fazer com que desistir pior, nem mental nem fisicamente. O mais que vai passar é que esteja algo mais cansado, mas há estudos relevantes que mostram que essas más noites têm um efeito mínimo no desempenho.


A maioria laspersonas que sofrem de insônia pode vencê-lo.


6. É necessária escuridão completa para dormir bem


Isso pode ser verdade em alguns casos. Cada pessoa dorme de sua própria maneira e é uma questão de saber quais as circunstâncias que favorecem o seu próprio sonho. Pessoas de sonho muito sensível podem achar que uma cortina completamente opaca lhes ajuda. Outras, no entanto, preferem um pouco de luz no quarto, ou acordar com um pouco de luz.

Homem sentado na cama, com insônia.

A chave está em dar com os fatores que favorecem o seu completo relaxamento e consequente sonho.


7. Os problemas de sono são genéticos


Se você levar uma temporada de insônia é fácil achar que não vai conseguir nunca, porque há pessoas muito próximas em sua família que “sempre” teve problemas de sono: que está em seus genes, vamos.


Na verdade, os antecedentes familiares devem ser, em muito maior medida condutas nocivas erroneamente aceito –legado que algo “escrito” em seu DNA.


8. A cafeína não afeta o sono


Todos nós conhecemos grandes bebedores de café, chá (ou até mesmo bebidas energéticas) que dizem que dormem bem. E que alegam precisar o café para se manter acordado. Mas a coisa muda quando falamos de energia “vital”. Com freqüência são pessoas cansinas, não vê o momento de ir para a cama e, pela manhã, lhes custa Deus e ajuda entrar em funcionamento. Estão muitas vezes em um “círculo de cansaço” e tendem a tomar mais e mais cafés.


A solução para o problema é progressiva. Você deve começar por tomar o pequeno-almoço bem –leia-se um pequeno-almoço saudável– manter-se bem hidratado ao longo do dia, fazer exercícios e manter uma dieta equilibrada. Duas ou três semanas, com este regime de vida aumenta significativamente o nível de energia, deve ter descido a ingestão de cafeína e… necessitará de menos horas de sono.


O sono leve


O mínimo de ruído acorda? Ou será que seu parceiro dê a volta na cama? Será que você não consegue dormir quando você tem algum problema? Você precisa dormir sempre do mesmo lado e sempre com o seu travesseiro? Será que você não consegue dormir no avião, no hotel, ou em quartos estranhas..? Você tem, em conclusão, um sono muito leve?


Experimente estas dicas:



  • Esqueça a tecnologia, pelo menos, uma hora antes de deitar: falamos do computador, celular, tablets e outros.

  • Não se deite após as doze

  • Pensa bem no que você fazer antes de ir para a cama: se você vê a televisão, se você ler… E certifique-se de que essa atividade ajuda a dormir, não a mantê-lo acordado

  • Não tome café, a partir das 3 da tarde.

Mais que nada porque… é correr riscos desnecessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *