Livro expõe a ligação do design com a sociedade

Objetos de Desejo - Design e sociedade desde 1750A capa pode ser chocante. Uma folha com adesivos? Sim, você pode personalizar a capa da sua edição de “Objetos de Desejo – Design e sociedade desde 1750″. Perceba, ao lado, que o fundo de bolinhas é a capa em si, enquanto todo o resto são adesivos que vêm com a edição desta obra-prima.

Em 13 densos capítulos este lindo livro expõe a ligação da sociedade com o design e muito mais. As influências dos empresários, dos intelectuais, higienistas, políticos, criados, etc. O autor, Adrian Forty, tem uma visão superior e aguçada do ambiente. Percebe que o design e sua evolução, que acompanhou a da sociedade, não é apenas fruto da genialidade de designers: é fruto de anseios coletivos. Esse é o grande valor do livro, onde ele mostra a que veio.

Forty mostra em um capítulo, por exemplo, como houve a evolução dos escritórios e dos lares. A relação entre os dois. Como ambos evoluíram para serem o mais prático prossível e como se esforçaram para se separar ao máximo. Um se aproximando cada vez mais do modelo Fordista, enquanto o outro se tornou cada vez mais um templo de paz e relaxamento.

Ao longo do volume o autor mostra como o design surgiu como profissão e como esta se desenvolveu com os anos, trazendo melhorias à sociedade com produtos avalizados por várias outras camadas da sociedade. O autor, professor de história da arquitetura em Londres, avaliza suas informações com inúmeras fontes bibliográficas, documentos históricos de como tudo o que diz de fato aconteceu. Apesar de sua força histórica, não é tedioso. É denso devido à extensão – quase 350 páginas – e seu tamanho de fonte, relativamente pequena. Objetos de Desejo tem várias imagens para ilustrar o que afirma no texto, ajudando o leitor a realmente ver o que aconteceu.

Recomendação para designers, comunicadores, arquitetos e sociólogos. Na verdade recomendo a qualquer um. O livro é excelente, interessantíssimo. Compre!

No comments
Deixe um comentário

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por gentileza, prove que é humano escrevendo o código.


Redes Sociais Todos os Artigos Comentários


RSSTwitter: chadecerebro

  • Could not connect to Twitter


Chá de Cérebro is using WP-Gravatar